Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/storage/5/55/2a/site1382735168/includes/inc-funcoes.php on line 11
ONG que ensina judô em Amaralina precisa de doações para continuar funcionando | Amatra 5
ONG que ensina judô em Amaralina precisa de doações para continuar funcionando
19 de agosto de 2016
Após o exemplo de judocas brasileiros oriundos de projetos sociais que fizeram sucesso nas Olimpíadas, como a medalhista de ouro Rafaela Silva, do Rio de Janeiro, outro projeto na Bahia, a Associação Camelot, que funciona no bairro de Amaralina, passou a receber mais interessados em praticar o esporte.  Mas a instituição, que atende gratuitamente crianças e jovens carentes da comunidade, está precisando de ajuda para continuar formando campeões, como a jovem judoca Raissa Ventura, de 12 anos, campeã brasileira em sua categoria durante campeonato disputado em Belo Horizonte, em abril.

Os juízes do Trabalho Rosemeire Fernandes (presidente da Amatra5) e Agenor Calazans (coordenador do programa Trabalho, Justiça e Cidadania) visitaram a instituição nesta quarta-feira, 17, para conhecer de perto o trabalho e ficaram impressionados com a ação desenvolvida pela Camelot. 

“Exemplos como esse precisam ser mais valorizados pela sociedade. A juventude é o futuro e patrimônio de nosso país, mas é preciso investimento para uma vida plena”, destacou a presidente da Amatra5, que conversou com os responsáveis pela associação, Rita Vidal e José Carlos Ledo, este professor de judô.

O juiz Agenor Calazans ressaltou que toda atividade que contribua para a formação dos jovens deve ser abraçada pela sociedade. “Eles aprendem, no judô, noções de respeito, disciplina e convivência humana. Iniciativas como essa deveriam acontecer em outros bairros de Salvador” disse o magistrado, que aproveitou a visita para conhecer um pouco as regras do esporte.

O pai de uma das crianças beneficiadas, Arnaldo de Jesus Nascimento, 60 anos, acha o projeto fundamental para a comunidade, que tem poucas opções de esporte. “Aqui a criança forma o seu caráter e fica longe dos vícios”, disse o pai de Júlia, de 10 anos, que há dois meses aprende judô na Camelot.

Ajuda da Amatra5

Associados da Amatra5 já ajudaram os jovens Raissa Ventura e Rafael Messias, no início do ano, quando eles foram disputar campeonato em Minas Gerais. O Desembargador Renato Simões, inclusive, doou um kimono ao jovem atleta.

A dirigente da Associação Camelot, Rita Vidal, destaca que  magistrados são padrinhos e madrinhas de algumas crianças, mas a instituição precisa de mais ajuda.

O juiz Paulo Temporal é um exemplo. Ele conta que há 14 anos é padrinho na instituição e seu primeiro “afilhado” é hoje professor de educação física. “Recomendo aos colegas magistrados que sejam parceiros da Camelot, pois é uma boa maneira de ajudar a sociedade”, disse o juiz.

Fundada em setembro de 2001, a Associação Camelot é uma ONG que cuida de crianças carentes, mantida pelas doações da comunidade e de servidores e juízes do Trabalho, que apadrinharam esse projeto, mediante contribuições mensais descontadas em folha de pagamento, em convênio com o TRT.

A associação tem como objetivo promover a inclusão social de crianças e jovens das comunidades do Nordeste de Amaralina, Vale das Pedrinhas, Santa Cruz e Chapada do Rio Vermelho, por meio dos ensinamentos das artes marciais. Atualmente, a instituição atende, gratuitamente, cerca de 150 crianças e adolescentes.

 

Doações: Caixa Econômica Federal

Ag. 1509 / Op. 03/ Conta: 03000011-0

Tel: (71) 3347-9852/99106-2222

Na foto 1, o juiz Agenor Calazans, o professor José Carlos Ledo, a juíza Rosemeire Fernandes e alunos da escola.  
MAIS LIDAS

enviar

ENDEREÇO

Rua Miguel Calmon, nº 285,
Edifício Góes Calmon, 11º andar,
CEP 40.015-901,S
Salvador - Bahia - Brasil

TELEFONE

Tel.: 71 3326-4878 / 3284-6970
Fax: 71 3242-0573

AMATRA5
Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 5ª Região
AMATRA5
© 2013 - AMATRA 5. Todos os Direitos Reservados
Agência NBZ - estratégia digital